Blog
Blog Tecnogera
gerador title
como funciona um interruptor

Como funciona um interruptor?

Dispositivo tem diferentes formas e funções para aplicações em situações diversas. Saiba como funciona um interruptor.

O interruptor é um dos dispositivos mais comuns nas casas e nas vidas das pessoas. Sua facilidade de operação não dá sinais da complexidade por trás da capa e do botão simples de pressionar. Conhecer o funcionamento do interruptor evita qualquer tipo de falha na utilização ou na instalação. 

Além do uso prático, um dispositivo tão comum pode ser muito interessante. Continue acompanhando nossa publicação e descubra como funciona um interruptor e todos os detalhes que envolvem este dispositivo! 

A importância do interruptor

Os interruptores são conhecidos como dispositivos extremamente úteis nos mais diversos ambientes. A sua função principal é ligar ou desligar circuitos elétricos, sendo considerado, juntamente com as tomadas, a única parte visível e de fácil acesso no sistema elétrico de um local.

Alguns exemplos de utilização do interruptor são:

  • As entradas de rede; 
  • Pontos intermediários do sistema elétrico do local;
  • Entradas para aparelhos e máquinas; 
  • E qualquer tipo de local onde se faz necessária a ligação ou a interrupção no fornecimento de energia elétrica. 

Na hora de utilizar este dispositivo é recomendada uma análise prévia da distribuição dos fios até os pontos onde estes serão instalados. Isso influencia diretamente nas necessidades do circuito, evitando assim qualquer tipo de sobrecarga ou falha no sistema devido a um mau dimensionamento do seu sistema elétrico. 

Como funciona o interruptor de energia?

O funcionamento de um interruptor é simples. Ele abre ou fecha circuitos elétricos, permitindo a passagem de eletricidade até a máquina ou equipamento em que está conectado. Esta interrupção da passagem de eletricidade é considerada como reversível. Um interruptor pode operar continuamente por um longo período de tempo.

Um ótimo exemplo do funcionamento simples deste dispositivo é no acionamento das luzes e das lâmpadas nos mais variados tipos de ambientes que permitem mais iluminação no local. O interruptor está ligado ao circuito elétrico do local e os dispositivos estão conectados ao final, aguardando a chegada da eletricidade. 

Assim que o interruptor é acionado, a energia elétrica consegue fluir livremente por todo o circuito, alimentando as lâmpadas para que estas consigam fornecer a luminosidade necessária. 

Tipos de interruptor

Além da importância do interruptor, deve-se conhecer os tipos e as variações deste dispositivo que pode ser utilizado em um sistema elétrico, proporcionando experiências diferentes para o ambiente. Estes tipos ainda podem variar conforme a aplicação e a definição do que será acionado, permitindo uma capacidade de otimização no uso da eletricidade. 

Interruptor simples

Este tipo de interruptor é considerado o mais comum e conhecido, sendo utilizado basicamente para acionar e desligar lâmpadas e outros componentes de iluminação dos ambientes. Ele possui dois bornes.

Um dos bornes é conectado ao condutor elétrico de fase; o outro borne recebe o condutor de retorno. A fase é ligada ao interruptor. Os condutores conhecidos como o neutro e o de retorno são ligados à lâmpada, fazendo com que esta se acenda com o acionamento do interruptor. 

Interruptor duplo

O modelo de interruptor duplo possui duas seções e é considerado como um pouco mais complexo do que o seu modelo simples, mantendo a mesma ideia de funcionamento. Esse dispositivo permite o acionamento de uma lâmpada ou de um conjunto de lâmpadas de um único ponto, facilitando assim a operação das duas. 

É indicado para ambientes um pouco maiores e que permitem a instalação de dois pontos de iluminação com uma distância entre eles. Outro exemplo interessante é a sua utilização em pontos de decoração, como luzes decorativas ou que evidenciam obras de arte e quadros no local. 

Interruptor paralelo ou three-way

Este tipo de interruptor é um pouco mais avançado do que os modelos anteriores e exige um cuidado maior na sua instalação e manutenção. Um ótimo exemplo da sua aplicação é o uso de  interruptores que ficam em pontos diferentes do cômodo, mas acionam e desligam a mesma lâmpada ou um grupo de lâmpadas para a iluminação do ambiente. 

Sua principal diferença para o interruptor comum é a presença de um terceiro borne responsável pela comunicação entre os dois interruptores three-way instalados no local. Este consegue comunicar o estado anterior da lâmpada para o interruptor, permitindo assim que a operação seja contínua e a pessoa consiga acionar e desligar o ponto de energia de dois lugares diferentes. 

Geralmente são instalados em:

  • Pontos diferentes de um corredor; 
  • Pontos diferentes de um mesmo ambiente, como uma grande sala;
  • Escadas, permitindo acionar e desligar a lâmpada de dois pontos distintos para ter iluminação adequada e evitar acidentes;
  • Quintais, possibilitando boa iluminação do ambiente e o acionamento adequado dos pontos de energia. 

Interruptor intermediário ou four-way

Já este tipo de interruptor permite acionar ou desligar uma mesma lâmpada ou conjunto de pontos de iluminação de mais de dois lugares de um mesmo cômodo. É colocado entre os dois interruptores three-way para funcionar corretamente e assim permitir ampliar os pontos de acionamento das lâmpadas. 

Seu funcionamento dá-se pela ligação de um fio base no borne central do primeiro interruptor. Dos bornes das extremidades saem mais dois fios de retorno que são conectados nos bornes da direita do conector intermediário. Dos bornes da esquerda do interruptor intermediário saem mais dois fios de retorno que são conectados aos bornes das extremidades do segundo interruptor. 

No segundo interruptor existe um fio de retorno que é ligado ao soquete da lâmpada. Do segundo fio do soquete sai mais um fio que é ligado ao neutro do sistema elétrico. 

Gostou de saber como funciona um interruptor?

Conhecer o funcionamento do interruptor é importante para entender as suas variações e os seus diferentes tipos. Este dispositivo é importante para a grande maioria dos ambientes, permitindo acionar e desligar o sistema de iluminação do local. Continue acompanhando as publicações no nosso blog e fique por dentro das publicações!