• flag-br
  • flag-esp
  • flag-us

As demandas dos data centers por energia

PUBLICADO EM 06/07/2018 As demandas dos data centers por energia

As demandas dos data centers por energia

A transformação digital e as demandas por armazenamento de dados estão atingindo empresas de todos os segmentos de negócios e gerando enorme procura por espaços especialmente desenvolvidos para abrigar provedores e informações estratégicas.

Com isso a busca por infraestrutura, conectividade,energia, ar-condicionado, segurança física e um time de operações altamente capacitado cresce a cada dia, principalmente no Brasil, onde o uso de data centers terceirizados é bastante recente.

E, quando falamos em infraestrutura, a garantia de fornecimento de energia é a principal exigência de companhias que decidem armazenar os seus dados em data centers.É a energia que vai garantir o funcionamento do ar-condicionado que, por sua vez, vai manter as salas de TI, onde ficam os racks e servidores,na temperatura correta e seguras, assim como toda a estrutura interna apta para o atendimento das demandas. E, são os geradores que entrarão, imediatamente, em funcionamento, caso a energia disponibilizada pela concessionária seja interrompida.

Fundamentais em estruturas tão complexas e de missão crítica,os geradores são protagonistas nos data centers desde a fase de implementação das novas instalações e precisam estar prontos para entrar em operação ao menor sinal de necessidade. Em muitos casos, a energia nem precisa cair, basta oscilar, para que os geradores sejam acionados.

Pela complexidade operacional de um data center, a locação de geradores de energia acaba sendo um caminho natural e viável financeiramente. Ao decidir locar,é possível assegurar aos clientes que os riscos de desabastecimento energético serão, praticamente, zerados.

E, ao terceirizar o serviço, o data center passa para a empresa de locação toda a responsabilidade pelo trabalho, ou seja, manutenção preventiva, substituição de peças e equipamentos por estruturas mais modernas, assistência técnica e o atendimento 24 horas, 7 dias por semana.

Na ponta do lápis, o data center deixa de investir na aquisição de geradores, o que acabava por impactar financeiramente o negócio devido aos altos custos envolvidos. Com isso, também não precisa deslocar profissionais para a atividade, já que tudo fica aos cuidados da terceirizada.

Com essa decisão, os gestores do data center conseguem focar a atuação no negócio, que envolve a ampliação das estruturas e a captação de novos clientes.

Em paralelo, a empresa que ainda não optou pela migração de seus dados e servidores para um data center e segue com seu centro de dados internalizados, também precisa garantir a energia em suas instalações.A falta de energia e o não funcionamento dos servidores pode comprometer toda a operação, causando prejuízos nos negócios, paralisação das equipes, perda de competitividade e impacto negativo na imagem da companhia no mercado.

A Tecnogera, em seus 12 anos de mercado, vem atendendo data centers terceirizados e particulares e oferecendo soluções customizadas para as mais diferentes demandas.

 




VOLTAR