Voltar

Recorde de produção do pré-sal favorece mercado de energia temporária

Categoria: Dicas, Gerador de Energia, Notícias

No início do mês de março, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou que, em janeiro, a produção do pré-sal foi recorde, totalizando mais de 1,5 milhão de barris de óleo por dia.

Esse resultado fez com que a produção dos poços do pré-sal correspondesse a 47% do total produzido no Brasil.

Para dar conta dessa produção, dezenas de plataformas de petróleo operam ininterruptamente. Por estarem em alto mar, onde não existe linhas de transmissão, as plataformas dependem do uso de geradores de energia para todas as demandas.

No entanto, para os fornecedores de energia temporária, atender as demandas desse segmento é bastante desafiador. O primeiro grande desafio é fazer com que os geradores cheguem às plataformas, o que envolve uma logística apurada de transporte até o local e de içamento do gerador do navio de carga até a plataforma. Superada essa fase é preciso colocar o gerador para funcionar de forma eficiente e sempre em sintonia com as demandas do setor.

Com as suas demandas particulares e específicas, o setor de óleo e gás desafia também os fornecedores de energia temporária a oferecer soluções alinhadas e sob medida.

A Tecnogera aceitou o desafio e desenvolveu geradores mais leves e compactos que não precisam ser desmontados para serem içados, o que diminui os custos logísticos. Por serem menores, também ocupam menos espaço nas plataformas.

Em paralelo, a equipe de engenharia da Tecnogera desenvolveu equipamentos que produzem a mesma quantidade de energia gastando menos combustível. O resultado é uma operação mais simples e eficiente para o setor de óleo e gás.