• flag-br
  • flag-esp
  • flag-us

ENERGIA TEMPORÁRIA NO VAREJO

PUBLICADO EM 29/11/2018 ENERGIA TEMPORÁRIA NO VAREJO

ENERGIA TEMPORÁRIA NO VAREJO

Segundo o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), divulgado em 14 de novembro de 2018, o varejo brasileiro cresceu cerca de 3,2% em outubro, em comparação ao mesmo período de 2017. Em termos nominais, que revela a percepção dos varejistas em relação às suas receitas, este percentual sobe para 7,2%. O Dia das Crianças, certamente, é o grande responsável pelo resultado tão promissor.

E as vendas deste mês também surpreenderam, devido a tão badalada Black Friday. De acordo com dados do Ebit | Nielsen, apresentados no último dia 24, o crescimento registrado foi de 23% em relação à campanha realizada no ano passado, superando o esperado, que era de 15%.

Antes mais forte no meio online, com os e-commerces, a famosa “data das promoções” também ganhou a adesão do varejo físico nos últimos tempos. Com um volume maior de pessoas indo às lojas em busca de ofertas, cresceu também a preocupação dos lojistas com o bem-estar dos clientes.

Porém, imagine se, em plena Black Friday, uma das datas mais aguardadas pelo setor, uma grande loja de eletrodomésticos ficar sem energia. Além de não poder apresentar os seus lançamentos e super descontos, emitir notas e fechar vendas, há ainda um risco iminente de segurança, já que até os sistemas de monitoramento podem parar de funcionar em condições adversas. Além do prejuízo nas vendas, a reputação do estabelecimento, sem dúvida, sairia arranhada.

Mas a preocupação com a questão energética não pode acabar com a Black Friday! Com a chegada do mês de dezembro, tem início a contagem regressiva para o Natal, última chance de 2018 para os lojistas fecharem mais um ano de crise no azul.

No período, quando a correria rumo aos shoppings centers e tradicionais ruas de comércio aumenta, ainda é preciso acrescentar um agravante: as altas temperaturas. Dias quentes exigem mais dos sistemas de ar-condicionado dos estabelecimentos em geral, que operam na capacidade máxima para manter as áreas de compras em boas condições para receber milhares de consumidores.

Com todas essas demandas e por ser um setor em constante movimento, o varejo precisa que o serviço de fornecimento de energia elétrica seja feito de forma prática, rápida e segura. Com isso os geradores ganham destaque! É imprescindível ter um plano de contingência para suprir as necessidades emergenciais do segmento e impedir que apagões e quedas de energia atrapalhem os negócios.

O serviço oferecido pela Tecnogera é totalmente customizado e realizado por uma equipe altamente qualificada que está à disposição 24 horas por dia, 7 dias por semana. Com vasta experiência no atendimento ao varejo, a empresa possui a frota de equipamentos mais nova e moderna do País, contando com mais de 800 grupos geradores de energia de diferentes potências e para variadas aplicações. Há mais de 12 anos ne mercado, a Tecnogera tem sua matriz sediada em São Paulo e filiais no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Norte.




VOLTAR