Blog
Blog Tecnogera
gerador title
tipos de geradores

Tipos de geradores de energia. Quais são e para que servem?

Diferentes tipos demonstram a importância de um bom fornecimento de energia elétrica para os mais diversos cenários

Quando se pensa em geradores de energia, geralmente vem em mente o tipo mais comum que funciona com combustível, como o diesel, e é utilizado nos mais variados cenários e ambientes. E existem sim alguns tipos diferentes e formas para geração de energia elétrica que variam conforme o ambiente de utilização, a demanda e a potência necessária de energia elétrica. 

Os geradores de energia são ótimas formas para manter o fornecimento caso ocorra alguma queda ou falha por parte da concessionária local. Em algumas regiões, é a única alternativa para que indústrias, fábricas e até comunidades tenham acesso à eletricidade de qualidade. Outro ponto importante é que o uso de geradores de energia pode ser um meio de redução de custo, uma vez que o dimensionamento correto da solução auxilia neste cenário. 

Quer saber mais sobre os tipos de geradores de energia e para que servem estes equipamentos? Continue acompanhando a nossa publicação! 

Os diferentes tipos de geradores de energia

Existem algumas diferentes formas de geração de energia elétrica disponíveis na sociedade, que possuem seus pontos positivos e negativos que variam conforme a aplicação. Cada um dos geradores possui também características específicas, sendo mais ou menos comuns. 

O gerador solar

Um dos tipos de gerador de energia elétrica é o que funciona a partir da fonte solar, utilizando placas solares para a conversão dos raios que vem do sol em eletricidade. Assim, este tipo depende de um espaço maior para a alocação da infraestrutura assim como um investimento inicial maior. 

Este investimento deve ser visto com cuidado pois o dono do gerador de energia solar terá eletricidade com custo zero para matéria-prima, os raios solares. Existem inclusive linhas de financiamento específicas para essa finalidade, com cálculos de amortização em períodos de cinco a sete anos enquanto a vida útil do equipamento chega a até 30 anos. 

O gerador eólico

Assim como o gerador de energia solar, o gerador eólico possui a característica sustentável como principal ponto positivo da sua aplicação, ao utilizar a movimentação dos fluxos de ar pela atmosfera da terra. Quando o vento passa pelas pás, gira a turbina e faz com que a energia do vento seja convertida em energia elétrica. 

O gerador químico

Um dos tipos de geradores de energia também considerados como comuns, este utiliza um processo ou reação química que acarreta na liberação de energia elétrica que pode ser utilizada em aparelhos e dispositivos. Um ótimo exemplo são as pilhas e as baterias que normalmente são utilizadas em dispositivos pequenos e portáteis. 

O gerador mecânico

Este tipo de gerador de energia é bastante comum no dia a dia e consegue promover, a partir de uma movimentação mecânica, a geração de energia elétrica. São ótimos exemplos as usinas hidroelétricas que utilizam de alguma queda de água para que ocorra o movimento de giro nas turbinas, tendo assim a energia elétrica em larga escala. 

O gerador via combustível fóssil 

Este é um dos tipos mais comuns de geradores de energia disponíveis. Ele utiliza a queima de algum combustível fóssil para realizar a movimentação mecânica de todo o sistema. Ao se aproximar da geração mecânica, é uma opção viável de aplicação para os mais diversos cenários e ambientes, uma vez que pode existir em tamanhos e dimensionamentos variados. 

Existe ainda uma variação quanto ao tipo de combustível utilizado no equipamentos:

  • Os geradores a gasolina geralmente são considerados mais baratos e portáteis. São ótimas opções para um atendimento rápido e que não precise de um suprimento tão grande. Um ponto importante é que costumam gastar mais combustível quando comparados a outros modelos, como diesel e gás;
  • Os geradores à diesel são considerados os mais rentáveis e resistentes para a utilização por um longo período de tempo. O motor à diesel é por si só um equipamento durável e o gerador também tem a característica de entregar menores consumo e índice de falhas ou quebras. A manutenção em dia é um ponto importante para a qualidade da operação;
  • Os geradores à gás oferecem uma opção de combustível que pode variar entre o gás natural ou o gás de algum aterro sanitário. Com isso, tornam-se opções mais sustentáveis para ambientes com alto consumo energético como indústrias, fábricas e grandes centros comerciais. Outro ponto positivo é que entregam alta eficiência na produção de energia elétrica para o sistema local.

Mais algumas informações sobre os geradores de energia

Além de entender os diferentes tipos de geradores de energia elétrica, é importante conhecer um pouco mais sobre a sua utilização além de exemplos de aplicação. Os geradores do tipo solar e eólico geralmente dependem de um projeto maior de dimensionamento e um investimento para a instalação do parque de geração. 

O solar ainda pode ser uma opção viável, principalmente dependendo do local e do tipo de incentivo praticado ali por alguma instituição ou órgão do governo. Existem inclusive linhas de financiamento específicas que oferecem amortização do investimento em até sete anos, com a vida útil do equipamento chegando em até 30 anos. 

Geradores químicos são as pilhas e baterias utilizadas no dia a dia geralmente em dispositivos pequenos e portáteis, que dependem de uma recarga recorrente. A evolução destas baterias para autonomias maiores ainda depende de investimento em pesquisas científicas para aplicar novos materiais e métodos. 

Geradores de energia à combustível

O gerador de energia que utiliza algum tipo de combustível pode ser uma solução ideal para alguns cenários como um local distante dos centros urbanos ou que apresente quedas recorrentes no fornecimento de eletricidade. Locais dentro do perímetro urbano, mas que querem um fornecimento de qualidade, também utilizam essa solução, que pode oferecer até redução de custos na conta de energia elétrica.

Outro ponto importante é a variação nas potências de fornecimento. Como exemplo, um gerador de 1.000 KVA a 1.500 KVA pode ser ideal para um estabelecimento de grande porte que precisa manter o seu funcionamento sem nenhum comprometimento.

Saiba mais! 

Os diferentes tipos de geradores de energia demonstram a importância de um bom fornecimento de energia elétrica para o crescimento e a operação saudáveis de diversas empresas e negócios. Entender quais são estes tipos e visualizar alguns exemplos de aplicação é uma ótima forma de ter um suprimento ideal de eletricidade. 

Continue acompanhando as nossas publicações no blog da Tecnogera e saiba mais!